Informativo acerca anuidade ABRAMN 2020

1 junho 2020
Comentários 0
Categoria Comunicados
1 junho 2020, Comentários 0

Caros associados,

A ABRAMN não visa lucros nem paga qualquer remuneração para seus dirigentes. Todos os fundos arrecadados são ressarcidos aos nadadores masters na forma de eventos – competições, premiações, jantar de confraternização, manutenção de site com resultados e currículos dos atletas, etc. A adimplência é imprescindível para a existência da ABRAMN e manutenção da natação master no DF, compromisso esse exigido por todos os associados e que cabe à Direção cumpri-los.

Ante a Covid-19, atendendo determinação da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), a ABRAMN suspendeu seu calendário por prazo indeterminado. Com isso, alguns associados estão pleiteando a devolução das quantias pagas relativas à anuidade 2020 e à taxa de participação na II Etapa. Muito nos agradaria atender essas demandas, mas isso ainda não é viável conforme iremos esclarecer.

O valor da anuidade é calculado exatamente para pagar as despesas fixas da associação – aluguel, condomínio, IPTU, energia elétrica, informática e outras. Caso essas quantias fossem devolvidas, a ABRAMN ficaria totalmente sem fundos e impossibilitada de honrar os compromissos contratuais assumidos, tornando-se inadimplente e sujeita a multas e protestos na Justiça.

Por seu lado, a taxa de inscrição em competição é calculada exatamente para cobrir os custos de premiação, arbitragem, UTI móvel, frutas e outras. As taxas recebidas relativas à II Etapa foram usadas para pagar as medalhas e troféus, já confeccionados. Elas serão consideradas para a próxima competição, logo que reiniciemos nosso calendário.

Alguns colegas se dispuseram a obter outras fontes de renda para a cobertura parcial das despesas da ABRAMN. Se conseguirmos, será possível atender o pleito de devolução das quantias recebidas. Contamos com a ajuda de todos para encontrar a melhor saída.

Cordialmente,

Direção da ABRAMN
Brasília-DF, 01 de junho de 2020

Deixe uma resposta